Seguidores

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

PEQUENA FOLHA QUE VOA AO VENTO

Solitaria,triste e sem amarras, como tan tas outras tal qual a alma do andarilho,tal qual o son que a cigarra canta.meu espirito ja foi assim vagando por tantos caminhos,errantes vagando por entre as pedras umidas e frias,e ao deserto com o sol escaldante foi longa a minha jornada,até achar o amor verdadeiro achei a paz a beira dos rios,
 e entndi o que é ser companheiro passei pela vida ,conduzido pelo vento
tal qual as folhas folhas que o vento leva,hoje relembro deste vazio,
cheio de paz sntado na relva,andi despreocupado no decorrer do caminho deichando que a vida me levasse
 sem me preocupar com ninguem,sem que nada eu amasse vivendo só por viver,sem somar ao meu favor nunca conheci o amor até que a morte chegasse,e com ela meu pavor de saber o que é ausencia,o que é a solidão saber,o que é a sede e a fome,daqueles que vivem em vão nunca auxiliei,a ninguem nunca esendi a mão no fim da minha jornada não tive uma migalha de pão semeia meu irmão para que tenhas o direito de colher, só agora aprendi esta lição,só agora tenho paz ,e olhando as folhas cairem,comparo-as co m
minha vida ,lagrimas me vem aos çlhos ,mas ven-me a paz ao meu coração.

                       UM ESPIRITO AMIGO    21-08-2005
,

Um comentário:

lis disse...

Essa é mais linda ainda! Toca no fundo do coração.
Temos que refletir muito sobre oq fazemos nesta existência. bjosss

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...