Seguidores

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

CARTA DE ANO BOM

 
CARTA DE ANO BOM

Entre um ano que se vai
E outro que se inicia,
Há sempre nova esperança,
Promessas de Novo Dia...

Considera, meu amigo,
Nesse pequeno intervalo,...
Todo o tempo que perdeste
Sem saber aproveitá-lo.

Se o ano que se passou
Foi de amargura sombria,
Nosso Pai Nunca está pobre
Do pão de luz da alegria.

Pensa que o céu não esquece
A mais ínfima criatura,
E espera resignado
O teu quinhão de ventura.

Considera, sobretudo
Que precisas, doravante,
Encher de luz todo o tempo
Da bênção de cada instante.

Sê na oficina do mundo
O mais perfeito aprendiz,
Pois somente no trabalho
Teu ano será feliz.

Não esperes recompensas
Dos bens da vida terrestre,
Mas, volve toda a esperança
A paz do Divino Mestre.

Nas lutas, nunca te esqueça
Deste conceito profundo:
O reino da luz de Cristo
Não reside neste mundo.

Não olhes faltas alheias,
Não julgues o teu irmão,
Vive apenas no trabalho
De tua renovação.

Quem se esforça de verdade
Sabe a prática do bem,
Conhece os próprios deveres
Sem censurar a ninguém.

Ano Novo!... Pede ao Céu
Que te proteja o trabalho,
Que te conceda na fé
O mais sublime agasalho.

Ano Bom!... Deus te abençoe
No esforço que te conduz
Das sombras tristes da Terra
Para as bênçãos de Jesus.


Ditada pelo Espírito Casimiro Cunha/
Médium: Francisco Cândido Xavier
Foto: CARTA DE ANO BOM  Entre um ano que se vai E outro que se inicia, Há sempre nova esperança, Promessas de Novo Dia...  Considera, meu amigo, Nesse pequeno intervalo, Todo o tempo que perdeste Sem saber aproveitá-lo.  Se o ano que se passou Foi de amargura sombria, Nosso Pai Nunca está pobre Do pão de luz da alegria.  Pensa que o céu não esquece A mais ínfima criatura, E espera resignado O teu quinhão de ventura.  Considera, sobretudo Que precisas, doravante, Encher de luz todo o tempo Da bênção de cada instante.  Sê na oficina do mundo O mais perfeito aprendiz, Pois somente no trabalho Teu ano será feliz.  Não esperes recompensas Dos bens da vida terrestre, Mas, volve toda a esperança A paz do Divino Mestre.  Nas lutas, nunca te esqueça Deste conceito profundo: O reino da luz de Cristo Não reside neste mundo.  Não olhes faltas alheias, Não julgues o teu irmão, Vive apenas no trabalho De tua renovação.  Quem se esforça de verdade Sabe a prática do bem, Conhece os próprios deveres Sem censurar a ninguém.  Ano Novo!... Pede ao Céu Que te proteja o trabalho, Que te conceda na fé O mais sublime agasalho.  Ano Bom!... Deus te abençoe No esforço que te conduz Das sombras tristes da Terra Para as bênçãos de Jesus.   Ditada pelo Espírito Casimiro Cunha/ Médium: Francisco Cândido Xavier
POSTADO POR MARLENE DE GOES
MENSAGEM RECEBIDA DO AMIGO
RREYFILHO@UOI.COM.BR
A QUEM AGRADEÇO COM MUITO CARINHO.











4 comentários:

Denise disse...

Marlene, que 2014 seja repleto de alegrias, com muitas realizações, aprendizado e muita paz!

Maysa disse...

dona Marlene
um 2014 com muita saúde
forte abraço
elisa

Beatriz Bragança disse...

Querida Marlene
Uma carta muito linda!
Vamos continuar a nossa aprendizagem,para construirmos um Mundo melhor!
FELIZ 2014
Beijinhos
Beatriz

Luconi Marcia Maria disse...

Adorei ver a tua foto, este sorriso tão belo, menina meu Luiz ia adorar ver, ele gostava muito te ti e dos teus blogs especialmente este. Apesar que ele não gostava de escrever comentários deixava para mim. O poema que o querido Chico Xavier psicografou é lindo, muito especial mesmo, parabéns minha amiga, está tudo bem? beijos Luconi

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...