Seguidores

domingo, 29 de setembro de 2013

CONQUISTA DE PAZ

    Conquista de Paz

    Não creias, alma querida,
    Seja a prova que atravessas
    A chaga maior da vida,
    Marcando suplício atroz;
    Enquanto expões o que dizes,
    Há corações pela estrada
    Tão tristes, tão infelizes,
    Que a dor lhes consome a voz.

    Esse carrega desgosto
    Regado de pranto oculto,
    Aquele em pleno tumulto,
    Sente angústia e solidão;
    Outro tem tanta amargura
    Que treme quando caminha,
    De alma cansada e sozinha,
    Caindo em perturbação.

    Esse transporta doenças,
    Embora a expressão correta,
    Outro tem mágoa secreta,
    Disfarçando o próprio “eu;”
    Aquele chora e tropeça
    Na penúria em que se arrasa,
    Outro viu a morte em casa,
    Revoltou-se e enlouqueceu.

    Alma irmã, tolera e aceita
    provação recebida,
    Abençoa a própria vida,
    Seja essa vida qual for;
    O sofrimento, onde esteja,
    É a luz com que Deus nos guia
    Nas lutas do dia-a-dia,
    Para a conquista do Amor.
    MARIA DOLORES CHICO XAVIER
    Postado por marlene de goes

4 comentários:

✿ chica disse...

Lindo,Marlene!! beijos praianos, linda semana,chica

Sinval Santos da Silveira disse...

Boa tarde!
Parabéns por essa preciosa poesia1
adorei...
abraços
Sinval

Claudete disse...

É Marlene , aceitar a cruz de cada dia é o nosso compromisso maior com Deus. Abraços, amiga.

Marcia disse...

Amei ler estamensagem minha querida!
Beijos!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...